O que é a Norma Regulamentadora 33 – NR 33?

nr-33-sinalizacao

NR 33: Definição e Objetivo

NR 33 Sinalização

A Norma Regulamentadora 33 tem como objetivo estabelecer os requisitos mínimos para identificação de espaços confinados¹ e o reconhecimento, avaliação, monitoramento e controle dos riscos existentes, de forma a garantir permanentemente a segurança e saúde dos trabalhadores que interagem direta ou indiretamente nestes espaços.

 

Nós da Fix Soluções utilizamos a NR 33com excelência em alguns dos nossos serviços para fazer o reconhecimento de espaço confinado, são eles: Sistema de Ancoragem, Limpeza e Manutenção de Fachadas.

 

Gestão de segurança do trabalho em espaço confinado

A gestão de segurança no trabalho deve ser planejada, programada, implementada e avaliada, incluindo medidas técnicas de prevenção, medidas administrativas e medidas pessoais e capacitação para trabalho em espaço confinado.

 

Os equipamentos portáteis e/ou fixos, os de comunicação e de movimentação vertical e horizontal inclusive, devem ser adequados aos riscos dos espaços confinados.

 

Em áreas classificadas, os equipamentos devem estar certificados e/ou possuir documento contemplado no INMETRO (âmbito do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade).

 

Cabe ao empregador:

a) Indicar formalmente o responsável técnico pelo cumprimento desta norma;

b) Identificar os espaços confinados existentes no estabelecimento;

c) Identificar os riscos específicos de cada espaço confinado;

d) Implementar a gestão em segurança e saúde no trabalho em espaços confinados, por medidas técnicas de prevenção, administrativas, pessoais e de emergência e salvamento, de forma a garantir permanentemente ambientes com condições adequadas de trabalho;

e) Garantir a capacitação continuada dos trabalhadores sobre os riscos, as medidas de controle, de emergência e salvamento em espaços confinados;

f) Garantir que o acesso ao espaço confinado somente ocorra após a emissão, por escrito, da Permissão de Entrada e Trabalho, conforme modelo constante no anexo II desta NR;

g) Fornecer às empresas contratadas informações sobre os riscos nas áreas onde desenvolverão suas atividades e exigir a capacitação de seus trabalhadores;

h) Acompanhar a implementação das medidas de segurança e saúde dos trabalhadores das empresas contratadas provendo os meios e condições para que eles possam atuar em conformidade com esta NR;

i) Interromper todo e qualquer tipo de trabalho em caso de suspeição de condição de risco grave e iminente, procedendo ao imediato abandono do local; e

j) Garantir informações atualizadas sobre os riscos e medidas de controle antes de cada acesso aos espaços confinado.

 

Cabe ao empregado:

a) Colaborar com a empresa no cumprimento desta NR;

b) Utilizar adequadamente os meios e equipamentos fornecidos pela empresa;

c) Comunicar ao Vigia e ao Supervisor de Entrada as situações de risco para sua segurança e saúde ou de terceiros, que sejam do seu conhecimento; e

d) Cumprir os procedimentos e orientações recebidos nos treinamentos com relação aos espaços confinados.

 

Caso queira saber todos os detalhes sobre a NR 33, você encontra o PDF completo no site do Ministério do Trabalho.

 

¹: Espaço Confinado é qualquer área ou ambiente não projetado para ocupação humana contínua, que possua meios limitados de entrada e saída, cuja ventilação existente é insuficiente para remover contaminantes ou onde possa existir a deficiência ou enriquecimento de oxigênio.



Gostou deste post? tem alguma dúvida, sugestão ou atualização das informações apresentadas? Faça seu comentário!

2 Comments

  1. LucasLucas04-20-2015

    Ótimo post. Estava procurando informações sobre a NR 33 e consegui tirar todas as minhas dúvidas aqui.

  2. […] A Norma Regulamentadora 33 tem como objetivo estabelecer os requisitos mínimos para identificação de espaços confinados¹ e o reconhecimento, avaliação, monitoramento e controle dos riscos existentes, de forma a garantir permanentemente a segurança e saúde dos trabalhadores que interagem direta ou indiretamente nestes espaços. Leia mais aqui. […]

Leave a Reply